O coletivo Lentes Periféricas é a soma de pessoas interessadas em utilizar a linguagem audiovisual como instrumento de arte e reflexão social. Moradores de diferentes bairros da cidade de São Paulo, juntos buscam contribuir com a produção cultural independente.

O grupo se conheceu em encontros casuais em lugares comuns para quem interage com o universo audiovisual, como as oficinas Kinoforum, o Instituto Criar e outras formações na área. Em 2014 o Lentes foi contemplado pelo Programa VAI I com a proposta de produzir um filme documentário de longa-metragem sobre acesso à cultura e ao lazer na periferia de São Paulo. O mote seria a história do Cine Campinho, ação cultural que ocorre desde 2007 no bairro Lageado, em Guaianases. O resultado foi o filme “Doc. Cine Campinho – Da terra à tela”.

Com isso, o coletivo se consolidou como equipe audiovisual e ampliou sua atuação no circuito independente e periférico, com o desenvolvimento de oficinas audiovisuais para jovens e adultos e produções de relevância social e artística. Três trabalhos foram produzidos em 2015: o documentário longa-metragem “São Miguel, destino: Movimento Popular de Arte”, o curta “Cartas Filmadas” (vencedor do I Concurso Emergência Visual: Território, apresentado na 1º Conferência Internacional Last Focus, em Paris) e o clipe “Caminhão de Lixo”, do grupo musical Os Cabras de Baquirivu (São Miguel Pta.). Essas experiências potencializaram as habilidades técnicas de cada integrante e fortaleceram a identidade do grupo.

EquipeLentes-1024x683